• CNYJAs2WEAEIq34

    Benfica não brinca. Nem no Carnaval

  • portugal

    Portugal perde e segue-se a… Espanha!

  • CM Jornal

    Três grandes em Interail

  • image

    A América vai parar! Hoje é dia de Super Bowl! Broncos vs Panthers

Melhores Marcadores

  • 1
    Pedro Cruz - Águas Santas / Milaneza
    192
  • 2
    Pedro Sequeira - Passos Manuel
    140
  • 3
    Pedro Portela - Sporting
    137
  • 4
    Belone Moreira - Passos Manuel
    130
  • 5
    Yuriy Kostetsky - SC Horta
    117
  • 6
    Nuno Silva - Madeira SAD
    115
  • 7
    Pedro Solha - Sporting
    114
  • 1
    Nandinho - Boavista
    33
  • 2
    Vigário - Unidos Pinheirense
    30
  • 3
    Jander - SL Olivais
    28
  • 4
    Alessandro Patias - Benfica
    25
  • 5
    Márcio Moreira - Póvoa Futsal
    22
  • 6
    Fábio Cecílio - SC Braga
    22
  • 7
    Zé Marau - Unidos Pinheirense
    20
  • 1
    Luís Viana - Juventude Viana
    64
  • 2
    João Rodrigues - Benfica
    48
  • 3
    Gonçalo Alves - Oliveirense
    42
  • 4
    Nuno Araújo - Valongo
    40
  • 5
    Francisco Barreira - Sanjoanense
    38
  • 6
    Carlos Nicolia - Benfica
    35
  • 7
    Vítor Hugo Pinto - FCP / Império Bonança
    31

Resultados da Jornada

  • Santo Tirso
    29
  • 30
    Águas Santas / Milaneza
  • Sporting
    27
  • 20
    Xico Andebol
  • Benfica
    29
  • 27
    FC Porto
  • Belenenses / Delta
    26
  • 25
    Maia / ISMAI
  • SC Horta
    44
  • 34
    ABC / UMinho
  • Passos Manuel
    31
  • 25
    Madeira SAD
  • Benfica
    8
  • 1
    Rio Ave
  • Cascais
    5
  • 6
    Leões PS
  • Póvoa Futsal
    2
  • 5
    Boavista
  • Modicus
    5
  • 1
    Burinhosa
  • Unidos Pinheirense
    5
  • 1
    Belenenses
  • SC Braga
    4
  • 1
    SL Olivais
  • Fundão
    4
  • 4
    Sporting
  • Candelária
    4
  • 2
    Paço de Arcos
  • Oliveirense
    5
  • 3
    OC Barcelos
  • Carvalhos
    3
  • 2
    HC Turquel
  • Sanjoanense
    6
  • 3
    CD Póvoa
  • Juventude Viana
    3
  • 3
    Sporting
  • Benfica
    11
  • 3
    Tigres Almeirim
  • FCP / Império Bonança
    6
  • 6
    Valongo

Entrevistas

Notícias

    • Portugal perde e segue-se a… Espanha!

      portugal
      8 Fevereiro, 2016

      Portugal jogou esta noite a 2ª partida da fase de grupos do euro 2016 em Futsal. Perante uma arena de Belgrado com cerca de 11.000 espetadores nas bancadas, a nossa seleção perdeu por 3-1 e encontrará assim a Espanha nos quartos de final da prova, jogo na próxima segunda feira pelas 20h00.

      A Sérvia entrou bem no jogo, e logo nos primeiros segundos, puseram a baliza de Vítor Hugo em sentido com um remate a sair um pouco ao lado, nem um minuto havia passado e já Vítor Hugo fazia uma grande defesa. Muito perigo criado pelos da casa. Pelo meio Portugal conquistou um pontapé de canto através de Fábio Cecílio mas o guarda-redes sérvio mostrou ao que vinha, logo a seguir evitou com uma grande defesa novo remate de Fábio Cecílio. Aliás, o guardião sérvio num minuto fez 3 enormes defesas e adiou o golo de Portugal.

      A Sérvia reagiu e aos 4 minutos foi Vítor Hugo que tirou o pão da boca ao jogador sérvio Kostic. Aos 8 minutos o jovem Tiago Brito enviou uma bola ao poste depois de um grande passe a rasgar mas faltou sorte. Ora, como quem não marca sofre, foi isso mesmo que sucedeu, a Sérvia foi lá abaixo e marcou, uma grande jogada individual de Kostic, um remate fora da área com a bola a entrar bem perto do poste.

      Depois deste golo sofrido, Portugal partiu em busca da igualdade, sempre com Ricardinho sem pedir licença para rematar mas a bola ou saia ao lado ou era o guarda-redes, e a sua equipa, que evitavam o golo de Portugal, prova disso foram os 28 remates de Portugal contra 9 da Sérvia na primeira parte. A 4 minutos do intervalo Portugal chega ao empate através de Ricardinho num golo mágico, tão mágico que o caro leitor tem de ver para crer, é uma obra de arte que não se espelha na escrita, o 1-1 com que se chegou ao intervalo era mais que merecido.

      Na segunda parte mais do mesmo, as duas seleções a anularem-se mas sempre com Ricardinho a ser muito focado porque continuava a demonstrar porque é considerado o melhor do mundo. Ora, com tanta anulação e sem saber bem como a Sérvia chegou ao golo, com um mais passe de Bruno Coelho a permitir ao jogador da equipa da casa isolar-se e bater o desamparado Vítor Hugo com um belo pormenor a picar a bola por cima do guarda-redes.

      Com este golo sofrido Jorge Brás colocou em campo o 5×4 mas não surtiu efeito e foi mesmo a Sérvia que chegou ao 3-1, a 47 segundos do fim, colocando um ponto final no resultado e no jogo. Assim a Sérvia fica no 1º lugar com 6 pontos e vai defrontar a Ucrânia nos quartos de final.

      Segue-se agora a Espanha e como disse há uns dias o selecionador português, sem medos…

    • Três grandes em Interail

      CM Jornal
      7 Fevereiro, 2016

      Não visitaram muitos países como os fãs do Interail (viagem de comboio pela Europa) mas passearam na mesma pelo Velho Continente. Na última jornada da fase de grupos da Liga Europeia, Benfica e FC Porto golearam os respectivos adversários, Breganze de Itália e Mérignac de França, por 13-4 e 8-0, carimbando os primeiros lugares dos seus grupos. Na Taça CERS o Sporting deu um salto de gigante rumo às meias-finais, ao vencer em Sarzana (Itália) por 8-2.

      No Dragão Caixa a superioridade azul e branca começou a fazer-se mostrar logo no primeiro tempo, com uma vantagem de 4-1 para os da casa. Gonçalo Alves (minuto 12), Vítor Hugo (minutos 14 e 17) e Alvarinho (minuto 21) marcaram primeiro e só a um minuto do descanso os italianos estrearam-se a marcar por Tonchi de Oro. Na segunda parte a toada continuou idêntica mas com mais golos. Hélder Nunes (minutos dois e sete), Nalo García (minuto nove), Jorge Silva (minutos 13 e 15), Gonçalo Alves (minuto 17), Alvarinho (minutos 20 e 24) e Rafa (minuto 24) fecharam a contagem azul e branca, ao passo que Gerard Teixidó (minuto cinco), Giulio Cocco (minuto 12) e Borja Giménez (minuto 19) descontaram, sendo que jamais os transalpinos conseguiram entrar na discussão do resultado.

      Na Luz, resultado menos volumoso mas também ele justo e com uma partida totalmente dominada pelos encarnados. Adroher foi o marcador de serviço do primeiro tempo, alcançando um hat-trick (minutos 11, 16 e 18). Na segunda parte, os irmãos Rafael (minutos 5 e 14), Marc Torra (minuto 24), Adroher (minuto 19) novamente e João Sardo (minuto 15) completaram a goleada.

      Quanto ao Sporting, goleada inesperada na primeira mão dos quartos-de-final da Taça CERS, em Itália. Os pupilos de Nuno Lopes venceram o Sarzana por 8-2, ficando com um patim e meio na final a quatro da prova. Se a vitória não surpreende, o mesmo não se pode dizer dos números, já que era esperado um encontro equilibrado dado o reforço do plantel transalpino nas últimas semanas. Os inevitáveis Centeno e Luís Viana fizeram os tentos leoninos no primeiro tempo, com Javier Amat a fazer o golo de honra dos visitados. Na etapa complementar novo golo de Amat e respostas de Luís Viana, Losna (2), João Pinto, Poka e Tuco.

      Os três grandes regressam esta quarta-feira aos compromissos internos, com as recepções do FC Porto à Física de Torres Vedras, do Benfica à Juventude de Viana e do Sporting ao HC Braga.

    • A América vai parar! Hoje é dia de Super Bowl! Broncos vs Panthers

      image
      7 Fevereiro, 2016
      NFL

      Às 23h30 de Portugal inicia-se aquele que é o maior evento desportivo dos Estados Unidos da América, frente-a-frente Denver Broncos e Carolina Panthers disputarão o título de campeão da NFL – a principal liga norte-americana de futebol americano.
      Aquele que é 1 dos 5 maiores eventos desportivos do ano de 2016, terá lugar no Lev´s Stadium, em São Francisco, habitual casa da equipa local, os 49ers.

      A 50ª edição da Super Bowl marcará o duelo entre quarterbacks com um percurso e estilos de jogos bem diferentes.
      De um lado estará o já veterano Peyton Manning, com um tipo de jogo clássico apoiado em jogadas de passe e variações de intensidade, fruto do futebol universitário e um ícone do futebol profissional. Lidera o ataque de uma equipa já há estabelecida no topo do futebol americano, os Denver Broncos, cuja a sua primeira partida foi realizada em 1960.
      Do lado oposto estará Cam Newton, com um estilo de jogo muito mais multifacetado, com a capacidade de se transformar, encontrando novas maneiras de expandir o ataque da sua equipa. Newton pode não ser exímio no passe ao nível que Manning habitou os seus fãs, mas alia às suas qualidades no passe a arte de improvisar, optando por correr ele próprio com a bola – capaz de nesse plano fazer inveja a muitos Running Backs.

      O líder do ataque da equipa de Carolina, é grande, forte e rápido, preenche o padrão daquilo que é apelidado como a nova geração de quarterbacks. A sua equipa, os Carolina Panthers,são uns principiantes na NFL, em comparação aos Broncos, tendo a sua primeira partida sido disputado só 35 anos depois do conjunto de Denver se estrear.

      Mas se este será apenas o primeiro Super Bowl de Newton, já para Mannig será o seu jogo na grande final da NFL, registando apenas uma vitória e da última vez saiu de forma desastrosa com uma derrota por 35 pontos, há dois anos.

      Manning vs Newton

      E os próprios Broncos também lutam para contrariar a sensação de má sorte no Super Bowl. Os Broncos perderam cinco das suas sete finais do campeonato com cada derrota por pelo menos 17 pontos.

      Mas para este jogo partem como a melhor defesa na temporada regular em termos de jardas permitidas (283.1 por jogo) e cederam apenas 18,5 pontos por jogo jogo. Algo que desperta ainda mais interesse, para ver como será o desempenho dessa defesa quando enfrenta uma equipa que ao longo da temporada regular registou uma média de 31.2 pontos e 366.9 jardas.

      As previsões das casas de apostas de Las Vegas entregam o favoritismo para os Panthers, com uma vantagem de 3.5 fase aos Broncos, naquele que será o primeiro confronto entre os dois quarterbacks titulares, que têm em comum o facto de ambos terem sido a primeira escolhas no seu Draft de entrada na NFL.

      Contudo, apesar de todas as previsões e tudo aquilo que se tem escrito, a verdade é que depois de Lady Gaga cantar o hino nacional e do árbitro apitar para o início do jogo que terá na tradicional e esperada atracção de intervalo os Coldplay e Beyoncé, tudo só dependerá do desempenho de jogadores e treinadores.

      Peyton Manning tentará conquistar o seu segundo título de campeão, que há muito lhe escapa e assim, poder fechar uma carreira carregada de recordes e feitos da melhor maneira possível. Enquanto, o jovem quarterback de Carolina pode vencer o seu primeiro campeonato na sua ainda curta carreira como jogador de futebol americano.

    • FC Porto histórico e Sporting superou Benfica ao cair do pano

      Sporting venceu o Benfica nos últimos segundos
      6 Fevereiro, 2016

      No fecho da Fase Regular, fim de tarde de muitas emoções. Garantidas estavam já as equipas que iam discutir o ‘play-off’ de apuramento de campeão mas ainda havia algumas dúvidas. Para fazer subir o nível, um inebriante Benfica – Sporting, para decidir qual das equipas ficaria melhor classificada. Em traços gerais, o vencedor do encontro, evitaria o FC Porto até à grande final.

      Clique aqui para um bónus de 200 euros com a 10 Bet!

      Cientes disso, as duas equipas fizeram um encontro muito disputado, com curtas vantagens para as duas formações. Ao intervalo, vencia o Benfica, por 16-14, numa fase em que Tiago Pereira, do Benfica, e Samvel Aslanian, do Sporting já tinham sido excluídos, por cartão vermelho directo. 

      No segundo tempo, o Benfica ainda liderou durante os primeiros minutos, até que o Sporting voltaria a passar para a frente. No final, muitos nervos, mas a poucos segundos do final, Frankis Carol sentenciou o encontro, numa vitória por 31-32 do Sporting, no pavilhão nº2 da Luz.

      E foi precisamente o cubano Frankis Carol o melhor marcador do encontro, com nove golos. No Benfica, o regressado à competição Elledy Semedo esteve em grande forma, com oito golos.

      Com este resultado, o Sporting terminou a Fase Regular na terceira posição, relegando o Benfica para a quarta posição.

      FC Porto faz história com 22 vitórias consecutivas

      Ao bater o Passos Manuel, por 25-35, o FC Porto garantiu mais um marco na história do andebol português. Os ‘dragões’ tornaram-se na primeira equipa a terminar uma fase regular do campeonato, apenas com vitórias, somando o 22º triunfo nos 22 encontros disputados. No mínimo, um feito notável.

      Depois de um início equilibrado, o FC Porto começou a assumir o marcador e, ao intervalo, já vencia por 16-19. No segundo tempo, a equipa de Ricardo Costa manteve a toada, para mais uma vitória. Pedro Sequeira marcou nove golos e esteve em destaque na formação lisboeta. No FC Porto, foi Daymaro Salina a evidenciar-se, com sete golos.

      ABC de Braga garantiu segundo lugar

      Apesar das tantas vezes referidas diferenças orçamentais, o ABC de Braga terminou a Fase Regular na segunda posição, superando os favoritos Sporting e Benfica. Com isso, garantiu que vai evitar o FC Porto até uma possível final e, mais do que isso, garante o factor-casa nas duas eliminatórias inaugurais, nos quartos e meias-finais. 

      Na tarde deste sábado, uma vitória por 30-31 no municipal de Fafe, num jogo bem mais complicado que seria inicialmente suposto. Ao intervalo, até era a equipa da casa a liderar o marcador (17-16), situação que manteve durante grande parte do segundo tempo. Depois, o ABC recuperou a vantagem e somou a 18ª vitória do campeonato.

      Pedro Seabra continua em grande forma e apontou nove golos, destacando-se num encontro em que o AC Fafe viu brilhar Dario Andrade e Nuno Fernandes, ambos com oito golos.

      Madeira SAD e Águas Santas terminam a vencer

      O Madeira SAD já tinha o 5º lugar garantido, mas venceu na deslocação à Artística de Avanca, por 31-32 (16-17 ao intervalo). O Águas Santas derrotou os vizinhos do Maia-Ismai, por 26-29, resultado que não alterou o sexto lugar de onde partiu para esta última jornada.

      Também o Belenenses terminou uma fase regular muito complicada com uma vitória, após derrotar o Sporting da Horta, por 26-25.

      Quartos-de-Final definidos:

      O campeonato define-se, agora, numa segunda fase, com o sistema de ‘play-off’, que inicia no dia 20 de Fevereiro, e que vai opor as equipas pela ordem classificativa com que terminaram esta Fase Regular.

      Os quartos-de-final serão jogados, à maior de três jogos, com as equipas a precisarem de vencer dois encontros para seguirem em frente.

      FC Porto – Artística de Avanca

      ABC de Braga – Passos Manuel

      Sporting – Águas Santas

      Benfica – Madeira SAD

      Meias-Finais:

      Tal como a grande final, as meias-finais serão disputadas à maior de cinco jogos, com as equipas a precisarem de vencer três encontros para seguirem em frente (e no caso da final, para ser campeã).

      Nessa fase, o vencedor do encontro FC Porto – Artística de Avanca vai enfrentar o vencedor do Benfica – Madeira SAD, enquanto que o vencedor do ABC de Braga – Passos Manuel vai enfrentar o vencedor do Sporting – Águas Santas. 

    • Futsal: Seleção Nacional entra a vencer no EURO 2016

      portugal
      4 Fevereiro, 2016

      A nossa seleção venceu esta tarde na arena de Belgrado na Sérvia a Eslovénia por esclarecedores 6-2 e garante desde já o apuramento para os quartos de final da competição.

      Na primeira parte as seleções anularam-se, prova disso foi que ambas cometeram 6 faltas. Ora, a Eslovénia marcou primeiro, não merecia, mas Fábio Cecílio tratou de repor a igualdade no encontro num lance de bola parada. E como quem tem Ricardinho tem tudo, tem mesmo tudo, o segundo golo de Portugal no jogo é uma pequena obra de arte, com o lançamento de linha lateral e depois o mágico de calcanhar esquerdo fez não uma mas… duas ” cuecas ” e marcou o 2-1 dando uma vantagem justa a Portugal.

      Os eslovenos não esmoreceram e com alguma sorte, e falha de marcação defensiva, chegaram ao 2-2 num lance em que todos os jogadores lusos estavam a dormir…o jogador esloveno não estava e bateu Vítor Hugo sem apelo nem agravo. Na segunda parte a Eslovénia veio confiante e conseguiu anular as investidas de Ricardinho e companhia. Mas essa situação durou pouco já que Ricardinho voltou a fazer das suas e de livre direto fez o 3-2 e colocou Portugal numa situação confortável no jogo. Puskar, guarda-redes esloveno foi dos melhores em campo mas não conseguiu segurar o 4-2 por Cary, na sequência de um pontapé de canto, com este golo Jorge Braz sentiu que o jogo estava ganho e foi já com a Eslovénia em 5×4 que Ricardinho, quem mais, aproveitou um deslize do guarda redes avançado esloveno e com a baliza aberta fez o 5-2 e o seu terceiro golo no jogo, somando assim 102 na sua conta pessoal ao serviço da seleção.

      Ora, a 2 minutos do final, Vhurovec foi expulso deixando a sua equipa com 4 jogadores em campo, situação que se mantém durante 2 minutos ou a sua equipa sofrer um golo, foi o que sucedeu. Fábio Cecílio a 59 segundos do fim fez o 6-2.

      Este resultado é muito importante porque a Sérvia, equipa da casa, goleou esta mesma Eslovénia por 5-2 e em caso de igualdade na próxima partida com a seleção portuguesa, basta um empate a Portugal para garantir o 1º lugar do grupo. Portugal entrou assim da melhor maneira neste UEFA Futsal euro 2016.

    • ABC de Braga vence Benfica a uma jornada do fim

      Nuno Grilo com mais uma excelente exibição para o ABC
      4 Fevereiro, 2016

      Num encontro muito bem, disputado, o ABC de Braga venceu o Benfica, por 29-37, e garantiu, pelo menos, o terceiro lugar, no final da Fase Regular. Para já, a equipa de Braga está na segunda posição do campeonato, superando na classificação Sporting e Benfica.

      Clique aqui para um bónus de 200 euros com a 10 Bet!

      A uma jornada do final, o ABC tem tudo para terminar na segunda posição, uma muito disputada fase regular. Para isso, terá que vencer (ou empatar) em Fafe. Em caso de derrota, o ABC apenas será superado se o Benfica vencer o dérbi com o Sporting, no pavilhão nº2 da Luz. Garantido está já que ficará à frente do Sporting, ou seja, um lugar entre os três primeiros.

      A classificação nesta fase é particularmente importante, na discussão do ‘play-off’. E o ABC pode, desde já, celebrar o facto de apenas poder encontrar o FC Porto, heptacampeão nacional e líder incontestado do campeonato, numa hipotética final. Ao contrário de Benfica e Sporting que vão lutar no próximo sábado para evitar o quarto lugar no campeonato, que ditará um provável embate com os ‘dragões’ nas meias-finais.

      Nesta jornada, o ABC aproveitou o factor-casa para vencer o Benfica, e isolar-se na vice-liderança, que estava a dividir com as ‘águias’. Após um início mais equilibrado, o ABC começou a fugir no marcador, numa vantagem que chegou a ser de três golos. Sobre o intervalo, o Benfica reduziu para a margem mínima (17-16). No reatar do encontro, o Benfica ainda empatou, mas o ABC voltou a encontrar o ascendente do encontro, disparando no marcador para uma vantagem de que chegou a ser de cinco golos (24-19).

      Na parte final do encontro, a emoção voltaria ao marcador, quando o Benfica encostou para 28-27. Com a posse de bola e a menos de dois minutos do final, Hugo Rocha não perdoou e sentenciou o resultado. Nuno Grilo, com sete golos, foi o melhor marcador do encontro, seguido por Hugo Rocha (6) e Pedro Seabra (5). No Benfica, os pontas estiveram em evidência, com o jovem Davide Carvalho a apontar cinco golos e João Pais, quatro.

      FC Porto mantém pleno a uma jornada do fim

      Nos outros encontros da jornada, o FC Porto manteve a invencibilidade, somando a 21ª vitória consecutiva, após derrotar a Artística de Avanca (29-23). Também o Sporting regressou às vitórias, impondo-se, confortavelmente, ao Maia-Ismai, por 39-22. Com esta vitória, o Sporting colou-se ao Benfica na terceira posição, que vai discutir na última jornada.

      O Madeira SAD derrotou o Belenenses, por 36-30, e garantiu a quinta posição no campeonato. Numa das surpresas da jornada, o Águas Santas perdeu, em casa, com o Passos Manuel, por 28-29. Também o Sporting da Horta perdeu, em Fafe, pela margem mínima (27-26), descendo à zona de despromoção, por troca, precisamente, com o AC Fafe.

      Contas finais da 21ª Jornada

      A uma jornada do final da primeira fase do campeonato, o FC Porto lidera incontestavelmente, com mais oito pontos do que o segundo, o ABC de Braga. Dois pontos atrás, seguem Sporting e Benfica.

      Arrumada está a questão de quinto e sexto classificados, entregues a Madeira SAD e Águas Santas, respectivamente.

      O Passos Manuel subiu à sétima posição, em troca com a Artística de Avanca. Garantiram já o acesso ao ‘play-off’ de apuramento de campeão, mas estão separados apenas por um ponto, podendo haver ainda nova troca. Na última jornada, a Artística recebe o Madeira SAD e o Passos Manuel também joga em casa mas com o FC Porto.

      Fechado ficou também o ‘play-off’ das equipas que vão discutir a manutenção. Maia-Ismai, AC Fafe, Sporting da Horta e Belenenses encerram a classificação.

    • Primeiros movimentos para 2016/2017

      FC Porto
      1 Fevereiro, 2016

      Enquanto no futebol estamos, hoje, a assistir às últimas movimentações para o que resta desta época, no hóquei em patins começa-se a preparar, por estes dias, a próxima. Não estranhe. É um hábito na modalidade, começado na Catalunha e implementado desde há poucas épocas em Portugal. O sucesso da época seguinte começa a meio da temporada transacta.

      Nos três grandes, o Sporting é o que tem mexido mais, o que também não é de admirar, já que a época não tem corrido de feição ao leão. O Benfica tem passeado em Portugal e na Europa e o FC Porto, em grande na Liga Europeia, está a sete pontos do líder ao nível interno mas tem demonstrado um hóquei muito dinâmico, consistente e a progredir jornada após jornada. Por isso a ligação com o técnico Cabestany foi, na passada semana, prolongada até 2018.

      O técnico catalão não deverá fazer grandes alterações a um plantel que já foi pensado a longo prazo aquando da sua construção. Os únicos rumores chegam para a baliza. Com uma possível saída do mítico Edo Bosch – esta época com poucos minutos, tendo cedido o seu posto ao antigo ‘eterno suplente’ Nélson Filipe -, o também catalão Carles Grau, actualmente no Vic, é o nome apontado à baliza azul e branca, sendo ainda uma possibilidade e não uma certeza.

      As certezas estão, por enquanto, em Alvalade. Com a entrada de José Trindade – ex-director do rival Benfica – na estrutura, não tardou o início da renovação de um plantel que tem vindo  a ser, época após época, alterado. E se as contratações para a presente temporada deixaram a desejar tendo em conta os objectivos definidos, as aquisições para a época 2016/2017 parecem adequar-se aos intentos de lutar ombro a ombro com Benfica, FC Porto e Oliveirense pelo título nacional. Pedro Gil – já abordado na época passada por parte do director leonino Gilberto Borges mas sem sucesso – regressa a Portugal depois de várias temporadas em Itália, estando actualmente no Forte dei Marmi, campeão transalpino em título.

      Mas o contingente catalão não se fica por aqui. Do Vendrell vêm o técnico Guillém Pérez e o defesa/médio Sergi Miras. O primeiro está numa fase primária da carreira em termos de seniores e a época nem lhe tem corrido a 100%, tendo falhado o apuramento para a Taça do Rei – reservado aos oito primeiros do campeonato no final da primeira volta – mas conseguindo o apuramento para os quartos-de-final da Liga Europeia. Já Sergi Miras dispensa apresentações no mundo do hóquei, contando com passagens pelo HC Liceo e FC Barcelona.

      Por último, um português. Caio, actualmente na Oliveirense, irá reforçar o grupo de trabalho de Alvalade mas ao que tudo indica sem encontrar o seu irmão Poka que se prepara para ser emprestado. Ricardo Figueira e Tiago Losna são as outras saídas confirmadas. O primeiro deverá pendurar os patins e o segundo ainda não tem futuro definido. O técnico Nuno Lopes irá continuar na estrutura, ficando a orientar os sub20.

      Na Luz, pouco fumo e, provavelmente, pouco fogo. Tendo em conta o sucesso da presente época e a boa forma de todos os elementos do plantel de Pedro Nunes, dificilmente deverá haver qualquer alteração.

    • Esquecido o fantasma de São João

      scphoquei
      31 Janeiro, 2016

      Para os que já faziam parte do plantel na época passada, jogar em São João da Madeira não é uma partida qualquer. É o regressar ao local que marcou o início do pequeno pesadelo das derrotas. Foi no rinque da Sanjoanense que, na época passada, um Sporting em estado de graça começou a cair a pique no nível das exibições e nos resultados, contribuindo e muito para o quinto lugar que alcançou no campeonato transacto.

      Esta época, o início filme não era muito diferente. O mau período começou bem mais cedo é certo mas, ainda assim, os leões contavam com quatro vitórias consecutivas antes desta jornada, pairando de novo o fantasma de São João, aquele que poderia, mais uma vez, terminar com o estado de graça leonino. Mas o final desta película não foi igual ao da época passada, com os verde e brancos a alcançarem uma vitória tranquila por 6-0.

      Centeno (minuto cinco) e Viana (minuto 16) fizeram os tentos do primeiro tempo, ao passo que Cacau (minutos cinco e oito), Losna (minuto 18) e novamente Centeno (minuto 20) marcaram na etapa complementar.

      No próximo fim-de-semana o conjunto de Nuno Lopes joga uma importante cartada europeia, com a deslocação a Itália para defrontar o Sarzana em jogo da primeira mão dos quartos-de-final da Taça CERS.

Free mockups