Futsal: César Paulo Diz que Merecia Ter Sido Tratado de Forma Diferente pelo Benfica

Nada satisfeito com a saída do Benfica, o jogador de futsal César Paulo afirma acreditar que merecia ter recebido um tratamento diferente por parte do clube.

O Sport Lisboa e Benfica acaba de anunciar, por meio da sua página oficial na rede social Facebook, a saída de César Paulo, assim como de Diego Sol e Davi da secção de futsal. A decisão do clube lisboeta apanhou César Paulo de surpresa, o qual não se inibiu de comentar sobre o seu descontentamento.

O jogador brasileiro partilha que lhe foi garantida a continuação no Benfica durante a próxima temporada. É verdade que essa garantia não tomou a forma de um contrato assinado e foi apenas dada de forma verbal.

Postar imagem Futsal César Paulo Diz que Merecia Ter Sido Tratado de Forma Diferente pelo Benfica sapato de borracha - Futsal: César Paulo Diz que Merecia Ter Sido Tratado de Forma Diferente pelo Benfica

Independentemente disso, César Paulo sente-se injustiçado. Diz que, assim como sempre manteve a sua palavra em relação a tudo o que prometeu ao Benfica, o clube tinha o dever de demonstrar a mesma atitude em relação a ele. Por isso, confiou na sua promessa, a qual acabou por sair gorada.

César Paulo acrescenta ainda que está a tentar não nutrir qualquer mágoa ou ressentimento em relação ao clube das águias. Tem consciência de que a sua passagem pelo Benfica seria como qualquer outra experiência na vida e que, inevitavelmente, iria terminar a certo ponto.

Ainda assim, afirma que esperava que tudo se tivesse desenrolado de uma forma muito diferente, com mais respeito e transparência. Nunca pensou que fosse deste modo que seria dada a quebra da sua relação profissional com o Benfica.

Postar imagem Futsal César Paulo Diz que Merecia Ter Sido Tratado de Forma Diferente pelo Benfica jogo de futsal - Futsal: César Paulo Diz que Merecia Ter Sido Tratado de Forma Diferente pelo Benfica

Quando questionado sobre os rumores que circulam sobre a sua ida para o Sporting, o jogador deixa a hipótese no ar. Responde que, como profissional que depende do futsal para ser feliz e que ainda tem muito para viver, está totalmente recetivo a propostas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*